Scroll to top

Sonhos, uma arena de testes?

A espécie humana tem um enorme poder de adaptação e o sonho é muito importante para isso. Por exemplo, quando uma pessoa sofre um trauma, pode ter sonhos recorrentes com isso, pois o cérebro tenta recuperar informações sobre o que a deixou vulnerável e, de forma segura, treinar habilidades e estratégias para evitar que isso ocorra outra vez“.

 

É o que diz a psiquiatra e neurocientista Natália Mota, do Laboratório do Sono do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em uma matéria para o Portal UOL.

 

Veja a matéria na íntegra e compartilhe com a gente quais os sonhos que estão deixando a sua quarentena um tanto quanto diferente!

Compartilhe